Busca:


Artigo Conteúdo

Análise de conjuntura política no mundo do trabalho

Data: 02/08/2013

Autor: Daniel Lopes Martin


Sobre a flexibilização dos direitos trabalhistas: pra que serve eleger um governo democrático e popular? A direita neoliberal não desiste da luta em reduzir os diretos da classe trabalhadora. Investidos de um discurso de "modernização" das leis trabalhistas brasileiras, pretendem restringir os poucos e justos direitos já existentes. Para tanto, basta observarmos as margens de lucro das empresas. Famintos, obsessivos, querem mais e mais. Com o argumento de que os empregos aumentariam com a "flexibilização" (sinônimo de "modernização" ou retirada de direitos, ou ainda, readequação neoliberal), aprovaram no Congresso, no contexto das manifestações, o fim da multa de 10% do FGTS. Felizmente, a Presidente Dilma vetou, argumentando ser contra o interesse público e que seu impacto inviabilizaria o Programa "Minha casa, Minha vida". Na Espanha, quando "modernizaram", foi um sucesso. A geração de empregos aumentou. Pois, na primeira crise econômica, as empresas dispensaram seus funcionários, que ficaram sem nenhuma garantia, visto que haviam "modernizado" seus direitos.

Daniel Lopes Martin - Psicanalista e Filósofo.