Busca:


Notícias da Educação

SESI/SENAI: SALÁRIO MAIS ALTO EM AGOSTO


Data: 24/08/2018

Fonte: Alex da Matta, Sinpro-Sorocaba


 
Aumento real também é resultado da nossa campanha salarial 2018!
 
A partir de 1º de agosto, o salário das professoras e dos professores do Sesi e do Senai de São Paulo teve um novo reajuste e, desta vez, mais do que compensar a inflação, será um aumento real de salários.
 
O aumento será de 0,43% sobre os salários praticados em julho deste ano. Desse modo, o reajuste salarial total (sobre fevereiro/2018) será de 2,25%. O salário de agosto será também a base de cálculo para março/2019, quando renovamos nosso Acordo Coletivo de Trabalho. 
 
O reajuste aplicado em 1º de março - data-base da categoria - recuperou a inflação do período de um ano, e foi de 1,81% segundo o INPC. A Fepesp e os seus sindicatos integrantes sempre consideraram esse índice como insuficiente e mantiveram a pressão em negociações para a aplicação de aumento real de salários, que foi alcançado agora, com a persistência da categoria.
 
A campanha salarial - No final de fevereiro, assembleias simultâneas em todo o estado de São Paulo aprovaram a contraproposta, a professoras e professores, negociada pelos sindicatos junto aos representantes do Sesi e do Senai.
 
Diante de um cenário de implementação da nova legislação trabalhista, as assembleias foram marcadas por intensos debates sobre resistência e coletividade. Com um acordo coletivo válido por dois anos, até 2019, as rodadas levaram para a mesa de negociação algumas cláusulas e pontos específicos, como, por exemplo, a assistência médica, o reajuste e os vales alimentação e refeição -  as cláusulas financeiras do acordo, que, essas sim, tinham validade definida para um ano e iriam expirar neste 28 de fevereiro. Com isso, foi assegurada a manutenção de todas as cláusulas sociais do Acordo Coletivo de Trabalho.