Busca:


Notícias Gerais

Solidariedade as professoras e professores municipais de São Paulo


Data: 15/03/2018

Fonte: Alex da Matta, Sinpro-Sorocaba


O Sinpro-Sorocaba que hoje representa professores/as de 52 cidades, com uma base estimada em 5 mil trabalhadores/as, dos quais 2 mil são sindicalizados/as, vêm a público externar apoio e solidariedade aos profissionais da educação do município de São Paulo.

Na última quarta-feira (14), a categoria foi vítima da brutalidade policial, que dispersou com balas de borracha e bombas de gás uma manifestação pacífica em frente à Câmara Municipal da capital paulista.

As professoras e professores deflagraram uma greve justa com adesão de 96% da categoria, contra alterações abusivas em seus planos de aposentadoria que aumentará o desconto dos salários em até 19%, este percentual está em debate no plenário da Câmara Municipal por meio da PL 621/16.

Diante de demandas legítimas e democráticas, o prefeito, insensível às questões sociais e pouco afeito às disputas democráticas, responde de maneira previsível: com intransigência e repressão.

A prof.ª Mara Kitamura, diretora de Finanças do Sinpro-Sorocaba e que também faz parte da direção da secretaria de educação do Estado de São Paulo, esteve presente na capital paulista  apoiando as professoras e professores na quinta-feira (15).

Toda solidariedade ao Sinpeem, o Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal.

Pelo fim da violência contra as trabalhadoras e trabalhadores e o nosso total apoio as professoras e professores paulistanos!